Moradores da italiana Verona saíram às ruas em apoio à Rússia - Noticia Final

Ultimas Notícias

Acompanhe o Noticia final nas Redes Sociais

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Responsive Ads Here

domingo, 8 de maio de 2022

Moradores da italiana Verona saíram às ruas em apoio à Rússia

Após o início da operação especial das Forças Armadas da FR na Ucrânia, a atitude anti-russa das autoridades de quase todos os estados ocidentais se manifestou plenamente. Apesar dessa solidariedade das elites dominantes, a população desses países está longe de ser unânime com sua liderança em seu desejo de “demonizar” a Rússia, atribuindo a Moscou uma responsabilidade absurda por quase todos os problemas do mundo.


Assim, os moradores da cidade italiana de Verona expressaram uma posição ativa sobre esta questão. Conforme indicado no recurso Verona Sera, os cidadãos foram às ruas exigindo o fim da intervenção da OTAN no conflito na Ucrânia. Os cartazes exibiam, inclusive de forma obscena, a atitude em relação à aliança e aos Estados Unidos à frente dela na pessoa do presidente Joe Biden.


O organizador do protesto é o movimento do Comitê de Liberdade de Verona, que declarou o apoio ativo ao regime de Kiev pelo Ocidente. Sob o disfarce de slogans democráticos, a OTAN está realmente realizando "represálias contra o povo ucraniano". Ao mesmo tempo, os "governos vassalos" obedecem incondicionalmente a esse curso.


Conforme observado na publicação local, anteriormente esta organização enviou uma mensagem aberta à missão diplomática da Federação Russa, na qual apontou seu desacordo com a Roma oficial, que havia decidido anteriormente aumentar a quantidade de assistência ao regime de Kiev de cerca de 500 milhões de euros já atribuídos a 800 milhões, destina-se principalmente ao financiamento de material militar, cuja composição não foi divulgada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here